Setrans confere ao ex-presidente Toninho o título de sócio benemérito nº 1

  • Setrans confere ao ex-presidente Toninho o título de sócio benemérito nº 1

    Visão de futuro, transparência, lealdade, humildade e determinação são marcas da sua personalidade, reconhecidas pela homenagem

    No exercício em que completa 25 anos de atividades, o Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas do ABC (Setrans) tem bons motivos para celebrar. No último dia 18 de setembro, a entidade promoveu mais uma edição do seu tradicional Programa Ação ABC Empresarial – evento de network, palestras e debates sobre temas da atualidade de interesse do setor –, desta vez, tendo como referência o Dia do Transportador Rodoviário de Carga. Na oportunidade, o empresário e ex-presidente do Sindicato, Antonio Caetano Pinto (mais conhecido como Toninho) foi agraciado com o primeiro título de sócio benemérito.

    A homenagem é o reconhecimento de toda uma trajetória de um homem inteligente, empreendedor e que valoriza o ser humano acima de tudo. Respeitado no segmento como um profissional de sucesso, criador de um dos maiores grupos logísticos do Brasil (Transportadora Grande ABC) e visto por seus colaboradores, amigos e admiradores como um exemplo a ser seguido, uma pessoa que com seu trabalho e dedicação conseguiu vencer sem perder a humildade, a fé, o amor e o respeito ao próximo.

    Defensor da associação em sindicatos e federações – porque acredita que o empresário de transporte de carga tem importante papel a cumprir no desenvolvimento do Brasil – Toninho esteve na presidência do Setrans no período 2005-2009.

    “Sua gestão foi marcada por uma luta obstinada pela construção da sede própria, inaugurada em dezembro de 2009”, fazem questão de ressaltar os amigos Marco Aurélio Guimarães Pereira e Luiz Salvador Ferrari, o primeiro na condição de sócio da Paulicon Contábil e outro como um dos principais líderes do setor de transportes.

    Bem diferente do início das operações, nas acanhadas instalações do sobrado alugado na rua Lobo em São Bernardo do Campo, a nova unidade, em São Caetano do Sul, é dotada de muita infraestrutura. Com 2.662 metros quadrados, conta com área de administração, salas de treinamento e de reunião, auditório com capacidade para 230 pessoas, salão de eventos, núcleo de conciliação, registro de ANTT, etc.

    Como legado de sua passagem à frente do Sindicato, Toninho deixou a montagem de uma estrutura profissional. Dentre suas bandeiras e conquistas, destacam-se a implementação e consolidação do Programa ABC Empresarial, com mais de 40 eventos e 8.300 convidados; a captura de patrocínios; a intensiificação da prática de cursos e treinamentos; a assessoria jurídica; a consultoria em custos e formatação de preços de frete; o uso de créditos de ICMS para a compra de caminhões; a emissão e controle da documentação fiscal. Marco Aurélio observa ainda que, sob o comando de Toninho, o Setrans foi a primeira entidade a lançar o Manual do ICMS no Transporte Rodoviário do Estado de São Paulo.

    Importante registrar que Toninho também desenvolveu papel importante no Conselho de Desenvolvimento Econômico de São Bernardo do Campo, na defesa de aspectos como mobilidade, novos investimentos e captação de recursos junto ao BNDES.

    Dedicação ao trabalho, paixão pelos cavalos – Também cabe destacar que a admiração despertada por Toninho ultrapassa os laços empresariais. ”Ele é o irmão que não tive e que me deu muita força, tanto do ponto de vista pessoal, como profissional”, assinala Luiz Ferrari, apoiado em uma amizade construída ao longo de 35 anos. Segundo ele, arrojo, coragem, visão de futuro e humildade são os traços que mais chamam sua atenção no amigo. “Ele sempre lutou pela sobrevivência do setor, pelo respeito ao caminhoneiro, pela qualidade do trabalho e cobrança de preços justos”.

    Esta percepção é compartilhada por Edite Maria de Carvalho Pinto, casada com Toninho há 43 anos e com quem tem os filhos Leandro e Patrícia. “Trata-se de um excelente pai, um grande amigo, bem como um empresário honesto, determinado, incansável, batalhador e que sempre demonstrou enxergar longe no horizonte, colocando erm primeiro lugar o atendimento qualificado ao cliente”, ela comenta.

    Dona Edite, por sinal, revela uma curiosidade pitoresca, vivenciada por sua sogra Dona Tereza, para quem, desde pequeno, Toninho dizia que seu sonho era ter um caminhão e um cavalo. Anos mais tarde, já dono de uma frota com mais de mil veículos e proprietário de um haras, foi indagado pela mãe: para que tanto cavalo e caminhão? A resposta até hoje sintetiza toda sua trajetória: “o caminhão é o meu ganha-pão e o cavalo, a minha paixão”.

    Toninho é membro do Conselho Superior da Associação Brasileira dos Criadores de Cavalo da Raça Manga Larga.

    Jornada vitoriosa

    Antonio Caetano Pinto, 67 anos, trabalhou na roça, foi engraxate e contínuo. Casou aos 21 anos e aos 23 atuou como contador. Em 1973, alugou um espaço de 5 m2 X 4 m2 na Rua MMDC, em São Bernardo do Campo, onde passou a abrigar a sua transportadora. Transpondo obstáculos com muita determinação e, sobretudo, fé em Deus, foi galgando espaços no mercado até transformar a Transportadora Grande ABC em uma gigante criadora de soluções para os clientes, respondendo, por exemplo, por toda a logística da fábrica da VW Motores, de São Carlos, e pela distribuição das capas de para-choques e peças de reposição da VMW em todo país. Sem contar que a empresa também foi a pioneira, no Brasil, na difusão do processo logístico Milk Run para a Ford.

    Bodas de prata

    No início dos anos 90, a necessidade de aproximação do Sindicato das Empresas de Transportes de Carga do Estado de São Paulo com o do Empresários do Transporte de Carga do ABCDMRR, tornou obrigatória a criação de uma Delegacia Regional do Sindicato das Empresas do Transporte de Carga de São Paulo e Região (Setcesp) para facilitar os trabalhos e reivindicações, tendo como seu primeiro delegado o senhor Mariwalton Bunder, empresário da região do ABC.

    A distância e a dificuldade para tomada de decisões rápidas, foram motivos de reivindicações dos empresários associados para criar uma entidade autônoma na região, para representá-los nas áreas social, econômica e política.

    Com a anuência do Setcesp, 28 empresários da região do ABC reuniram-se em 29 de julho de 1992 para formalizar, aprovar e votar a criação de uma nova entidade sindical patronal de transporte, com representatividade nas regiões de Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, sendo aprovados por votação a primeira diretoria e o estatuto social da nova entidade: Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas do ABC (Setrans).

    Além do evento ABC Empresarial, o Setrans aproveitou a oportunidade para inaugurar galeria de presidentes com as fotos de Sallum Kalil Neto (mandatos 1996 – 1998; 2010 – 2012), Antônio Oliveira Ferreira (1999 – 2004), Antônio Caetano Pinto (2005 – 2009) e Tiojium Metolina (2013 – 2018).

    Confira as fotos do evento:

    DSC_0021-1024x687

    DSC_0127-1-1024x687

    DSC_0084

    DSC_0051

    DSC_0067

    Confira o vídeo feito em homenagem ao Sr. Toninho:

    (Fonte: Setrans e Interativa)