A Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (SEFAZ/SP), a partir de julho de 2017, vai descontinuar o Software Emissor Gratuito do CT-e.

  • A Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (SEFAZ/SP), a partir de julho de 2017, vai descontinuar o Software Emissor Gratuito do CT-e.

    A NTC&Logística volta a alertar sobre a descontinuidade do aplicativo gratuito aos contribuintes para emissão do Conhecimento de Transporte eletrônico (CT-e).
    Trata-se de um programa que permite a emissão de CT-e para a correspondente SEFAZ, disponível na 2.0 que, realiza, entre outras funcionalidades acessórias: a geração do arquivo do CT-e; a validação da assinatura digital; a transmissão do arquivo para a SEFAZ relacionada; o gerenciamento do CT-e e o seu cancelamento; impressão do Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte eletrônico (DACTE).
    A SEFAZ/SP firmou parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) para atender uma parcela de contribuintes que ainda utiliza o emissor gratuito do Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e). A Secretaria da Fazenda do Maranhão também oferecerá o serviço gratuito, a partir do código fonte cedido ao governo maranhense pela Fazenda paulista.
    Verificou-se que, com a gradual adesão das empresas a outros sistemas, a maioria dos documentos fiscais eletrônicos não são mais emitidos pelo emissor gratuito oferecido pela Secretaria. No caso do CT-e, 97,4% dos documentos são gerados por emissores próprios. Por conta disso, a partir de julho de 2017 o serviço de emissão
    Fonte: NTC&Logística