Conheça a melhor forma de se adequar ao eSocial.

  • Conheça a melhor forma de se adequar ao eSocial.

    Você também acha que ainda há muito tempo para se adaptar a sua empresa ao eSocial? Então, leia esse  artigo e entenda mais da importância de estar por dentro de todas as novidades dessa obrigação.

    O esocial.gov.br/”>eSocial  é um projeto do Governo Federal e um instrumento de unificação da prestação das informações referentes à escrituração das obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas e tem por finalidade padronizar sua transmissão, validação, armazenamento e distribuição, constituindo um ambiente nacional.

    Então, não confie na sorte! Se você tem esse mesmo pensamento, cuidado! O eSocial já passou por diversas mudanças e adiamentos em relação a sua implantação.

    Responsável por causar muita dor de cabeça, ele é um projeto do Governo Federal, que também envolve a Receita Federal, Ministério do Trabalho, INSS e a Caixa Econômica Federal.

    Você acredita mesmo que a implementação não vai acontecer?

    Não se engane! O projeto está em processo de ajustes finais para então ser implantado em janeiro de 2018. E se você ainda tem dúvida do que representa esse projeto em nossas rotinas na empresa, não se preocupe, pois você vai saber agora.

    Sabe aquelas informações que você presta hoje na GFIP, CAGED, RAIS, DIRF etc? Esqueça tudo isso. Essas obrigações são extremamente resumidas quando se fala em informação e exigem de um modo geral, dados bem semelhantes.

    Um universo chamado eSocial

    Ele vai muito além. Primeiro, você vai utilizar apenas o eSocial para prestas todas as informações exigidas por todas essas obrigações que você conhece hoje. Mas essa não é a parte mais importante.

    Ele vai exigir detalhes da folha, afastamentos, aviso prévio, segurança do trabalho, tabelas de cargos, horários, lotações, rubricas, etc. Ufa! É muita coisa, por isso você precisa estar preparado para não ser pego de surpresa.

    Quer saber como fazer esses detalhes do eSocial?

    Temos aqui um breve resumo.

    • Cadastro de empregados com novas informações, como o histórico Contratual e Cadastral, nome social, dados do estrangeiro, dentre outras informações;
    • Aviso prévio trabalhado com a possibilidade de cancelamento, pois este deverá ser enviado ao eSocial;
    • Alterações no registro de licenças/afastamentos, com histórico de alterações, assim como retificação, atestado médico, termino, etc.;
    • Registro da contribuição patronal para sindicato;
    • Cadastro de cargos, horários, funções, todos com histórico de alterações.

    Aqui foram apenas algumas das inovações do sistema. Atualize-se, não deixe para depois, veja como funciona cada uma dessas novidades e comece desde já a se adaptar às mudanças.

    Fonte: Jornal Contábil