Governo revê metodologia de cálculo da tabela de frete mínimo

  • Governo revê metodologia de cálculo da tabela de frete mínimo

    O governo, em parceria com a Universidade de São Paulo (USP), trabalha em alterações na metodologia de cálculo da tabela de frete mínimo, segundo o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. Ele disse à Agência Brasil que a nova tabela deverá ser concluída até o final de abril, antes do prazo determinado pela legislação para publicação dos novos valores mínimos para o frete.

    O ministro ponderou que a tabela foi criada de maneira rápida, em razão da greve dos caminhoneiros, em maio do ano passado.

    “Estamos trabalhando com a USP em nova referência para eliminar distorções na tabela e para que ela seja cada vez mais aceita por todos”, disse o ministro. “A tabela deve ficar pronta em abril, antes da revisão prevista em julho. Vamos ter um negócio mais ajustado e vamos discutir isso com todos os setores”, disse.

    Segundo Freitas a tabela apresenta distorções em alguns segmentos, em razão do tipo e idade do veículo, estado de manutenção, condições das estradas, carga transportada, entre outros fatores. O ministro disse que, dependendo do caso, pode haver tanto redução quanto aumento no valor de referência para o frete. “Isso tudo está sendo estudado para eliminar algumas distorções que a tabela apresenta”.

    (Fonte: Frota & Cia)