PRF faz operações para conferir cumprimento da lei do descanso

  • PRF faz operações para conferir cumprimento da lei do descanso

    Pela lei, motoristas profissionais devem fazer paradas periódicas

    PRF flagra caminhoneiro dirigindo por mais de 12 horas no RJ - Trucão Comunicação em Transporte

    A Polícia Rodoviária Federal está de olho nos motoristas profissionais que não cumprem a Lei do Descanso.

    De acordo com a legislação que entrou em vigor em 2015, os caminhoneiros e condutores de passageiros precisam fazer paradas periódicas, para evitar que dirijam cansados, aumentando o risco de acidentes.

    Na última operação realizada por agentes da PRF, no Rio de Janeiro, 37% dos motoristas abordados não estavam cumprindo a lei. O Grupo de Fiscalização de Trânsito e Transporte abordou 32 condutores que trafegavam pela BR 040, na altura de Duque de Caxias, e além de verificar o tempo ao volante, também checou os sistemas de freio e outros equipamentos obrigatórios do veículo. Como resultado, 30 autos de infrações foram lavrados e 17 documentos de licenciamento anual foram recolhidos para regularização.

    Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a fadiga ao volante é tão grave quanto a embriaguez, sendo responsável por muitos acidentes. A jornada total pode chegar a até 12h de serviço, desde que o condutor descanse por 11h, a cada 24, sendo 8h de descanso ininterrupto. Já o restante pode ser cumprido de forma fracionada, considerando que o motorista deve parar por 30 minutos a cada 5h30, no caso do transporte de cargas, ou a cada 4h, se estiver conduzindo passageiros.

    Fonte: Setrans