Nenhum encaminhamento foi definido, mas autônomos já receberam mensagens via WhatsApp Com a aprovação do pagamento do Auxílio Caminhoneiro, ou “Pix Caminhoneiro”, aumenta a preocupação a cerca de golpes. Segundo a Confederação Nacional dos Caminhoneiros e Transportadores Autônomos de Bens e Cargas, inúmeros relatos sobre mensagens suspeitas foram recebidos. Segundo a CONFTAC, os caminhoneiros relatam casos através do WhatsApp em nome da Caixa Econômica Federal para que realizem o cadastro ou enviem seus dados para que possam receber os R$ 1.000,00 de auxílio mensal que será pago até dezembro. Normalmente, essa mensagem oferece facilidades para conseguir o auxílio através de envio de dados pessoais, documentos e todo tipo de informação possível. O Presidente da CONFTAC, André Costa, lembra que nenhum encaminhamento foi definido ainda. “Não existe nenhuma inscrição acontecendo e nem está definido como será pago o auxílio ainda. Tão logo essas definições aconteçam, tudo será oficialmente informado, mas não é o caso agora. A ANTT e a Caixa Econômica Federal não solicitam dados pelo WhatsApp e nenhum caminhoneiro precisa fazer qualquer tipo de cadastro neste momento”, alerta. Pessoas que recebam tentativas de golpe sobre o Auxílio Caminhoneiro por mensagem devem realizar denúncias na ANTT, pelo telefone 166, ou mesmo na polícia. Fonte: Frota&Cia