Resultado de imagem para Vendas de caminhões e ônibus crescem 45% no ano As vendas de caminhões e ônibus somaram em novembro 9,6 mil unidades e registraram pequena queda de 3,7% em relação a outubro por causa do menor número de dias úteis (20, ante 22). A média diária “oficial” de emplacamentos caiu em relação ao mês anterior, mas quando se consideram os 17 dias úteis que o mês teve na prática em boa parte do País, essa média passa das 470 unidades e registra alta de 9,5% sobre a de outubro. O acumulado do ano teve 86 mil caminhões e ônibus lacrados e alta de 44,8% em relação ao mesmo período do ano passado. Os números foram divulgados pela Fenabrave, federação que reúne as associações de concessionários. A maior recuperação tanto em porcentagem como em volume é a dos caminhões, que nestes 11 meses totalizaram 68,8 mil licenciamentos e cresceram 49,9% sobre iguais meses de 2017. O número até novembro é próximo daquilo que a Fenabrave havia projetado para todo o ano. O segmento vem crescendo especialmente por causa do agronegócio e consequente venda de modelos pesados, mas os semipesados também mostram boa recuperação por causa do varejo e do transporte de mercadorias e bebidas. O licenciamento de ônibus no acumulado até novembro foi de 17,2 mil unidades e anotou acréscimo de 27,4%. O segmento foi favorecido neste ano pelo aumento nas vendas de modelos rodoviários e também por compras governamentais para o programa Caminho da Escola. Um crescimento mais significativo é esperado para 2019 com as licitações para o transporte público em grandes capitais como São Paulo. (Fonte: Sindipesa)