Imagem relacionada O Ministério de Infraestrutura vai enviar ao Congresso um projeto para criação da ANT (Agência Nacional dos Transportes), que vai funcionar como uma superagência de infraestrutura, unindo a ANTT (de regulação dos transportes terrestres) e Antaq (terminais portuários). “O projeto original, de 1999, já previa a criação de uma única agência de transportes”, afirmou o ministro Tarcísio Freitas. “Acabaram criando duas agências [ANTT e Antaq], e com isso se perdeu a noção de multimodal [integração de modalidades de transportes]”, completou. A medida representa um corte significativo nas direções das agências. De acordo com o jornal ‘Folha de S. Paulo’, os diretores da ANTT e da Antaq têm envolvimento em esquemas de corrupção e favorecimento de empresas. Após o processo de unificação, Tarcísio Freitas garantiu que só haverá cinco diretores e os cargos anteriores seriam cancelados com a criação da nova agência. (Fonte: Frota & Cia)